quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

Coluna "Mecânica Online": Maserati aproveita tecnologia da F1 em seu novo motor Nettuno




Tarcisio Dias

A nova era da Maserati começa com um novo motor. E meio que seguindo contra a maré, quando só falamos de veículos elétricos, a fabricante apresenta uma obra de arte no aspecto da mecânica com o lançamento de uma unidade de potência que resgata toda a tradição que envolve a história e evolução da fabricante italiana.


O novo motor é o coração do supercarro esportivo MC20 que significa Maserati Corse 2020 (Maserati Racing 2020), que deve chegar ao mercado brasileiro ainda esse ano apostando na elegância do design italiano e a esportividade no mesmo pacote.

A unidade foi projetada nas instalações da Maserati em Modena: o Maserati Innovation Lab e também no Engine Hub. Na apresentação realizada para a imprensa especializada, ficou claro o sentimento de conquista da marca, que desde 1998 não desenvolvia uma nova motorização, que era recebida da Ferrari.

O novo motor é o resultado de uma revolução técnica, protegida por patentes internacionais. O projeto nasceu da paixão e do empenho de uma equipa de técnicos e engenheiros altamente qualificados.

Depois de vinte anos, a Maserati mais uma vez assumiu com entusiasmo o desafio de retornar ao seu HQ de Modena com o desenvolvimento e produção de um novo motor de alta tecnologia e alto desempenho.

A nova unidade de potência tem uma arquitetura de 90° em V, com um bi turbo de 3 litros e 6 cilindros, e apresenta cárter seco (uma solução clássica em superesportivos). Fornece 630 CV a 7500 rpm e 730 Nm (74,4 kgfm) de torque a partir de 3.000 rpm com uma potência específica de 210 CV/litro.

A alma do motor é o inovador sistema de pré-câmara de combustão com velas duplas. Essa tecnologia é derivada da Fórmula 1 e agora está disponível, pela primeira vez, em um motor que chega num modelo de rua.

O motor tem três características principais:

* A pré-câmara: uma câmara de combustão é colocada entre o eletrodo central e a câmara de combustão tradicional e conectada por uma série de orifícios especialmente projetados;

* Vela de ignição lateral: uma vela de ignição tradicional atua como um suporte para garantir a combustão constante quando o motor está operando em um nível que não precisa da pré-câmara para funcionar;

* Sistema de injeção dupla - direto e indireto: ligado à pressão de alimentação de combustível a 350 bar, o sistema reduz o ruído na faixa de rotação, diminuindo as emissões e melhorando o consumo.

É estrategicamente importante e apoiado pelo Laboratório de Inovação que, graças à análise virtual, tem permitido reduzir significativamente os tempos de desenvolvimento e planejamento.

O tradicional 0 a 100 km/h é realizado em 2,9 segundos e a velocidade máxima é de 325 km/h no MC20.

Para resumir na prática seu funcionamento, o novo motor Nettuno tem duas câmaras de combustão e duas velas por cilindro. Na antecâmara, a vela de ignição principal aciona uma combustão piloto.

Em seguida, ela se espalha (através de orifícios especiais) para a câmara principal. Uma segunda vela de ignição entra em ação quando a pré-câmara não é necessária devido aos baixos requisitos de energia. Isso cria uma boa mistura e, portanto, um maior grau de eficiência.

Com 210 cv / litro, a unidade tem uma alta potência específica. O motor também possui injeção dupla: injeção direta a 350 bar e injeção na pré-câmara a 6 bar. Uma transmissão de embreagem dupla com seis marchas normais e duas marchas overdrive é usada como a transmissão.

Motor: Twin-turbo V6, 90 graus, 3.000 cc

Potência: 630 hp a 7.500 rpm

Torque 730 Nm a 3.000-5.500 rpm

Transmissão: transmissão de dupla embreagem de oito velocidades

0-100 km / h: <2,9 seg.

0-200 km / h: <8,8 seg.

Velocidade máxima:> 325 km / h

Distância de frenagem de 100 a 0 km / h: <33 metros

valor cd: <0,38

Freios dianteiros: 380x34 mm, pinças fixas Brembo 6 pistões

Freios traseiros: 350x27 mm, 4 pistões

Pneus: dianteiros 245/35 ZR 20, traseiros 305/30 ZR 20

Dimensões: 4.669 mm de comprimento / 1.965 mm de largura / 1.224 mm de altura

Tanque: 60 litros

Peso vazio: <1.500 kg

Com um peso vazio de menos de 1,5 toneladas, o MC20 tem uma relação potência/peso de 2,33 kg / HP. Para viabilizar o baixo peso, o chassi é feito de carbono e materiais compostos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana