sábado, 15 de maio de 2021

Alpha Notícias: Becomex apoia a sinergia na cadeia produtiva de autoveículos




Empresa atende 85% das montadoras e 50% dos fornecedores instalados no Brasil

A relação comercial entre montadoras de autoveículos e fornecedores deverá ser repensada a partir de agora, principalmente em razão das adversidades geradas pela pandemia. O “Seminário Compras Automotivas”, promovido pela Autodata com importantes executivos da indústria automotiva, entidades, consultores e líderes das áreas de compras vai apresentar os caminhos e decisões que deverão ser tomadas neste novo normal.

Em seus painéis, os participantes do Seminário vão buscar responder, entre tantas outras perguntas: como vão se comportar as compras automotivas neste ano? Os fornecedores estão preparados para atender às novas necessidades em termos de tecnologia e custos? Existe ambiente e segurança para investir em produtividade e modernização?

Ao mesmo tempo que os profissionais de toda a cadeia automotiva querem saber sobre os planejamentos, desenvolvimento de novos negócios, produtos e expectativas para os próximos anos do setor, eles também buscam oportunidades de redução de custos, principalmente no que diz respeito aos insumos, início ou ampliação das exportações, melhora no relacionamento com os fornecedores e muito mais.

As sinergias cada vez mais comuns nas organizações globais, como as fusões e alianças entre grandes grupos e, em alguns casos, a concentração de produção de commodities automotivas em determinadas regiões estão transformando as áreas de compras no setor. Enquanto de um lado há políticas e negociações cada vez mais globalizadas entre fornecedores e montadoras, a regionalização ganha força em razão da pandemia.

Nesta realidade, a Becomex oferece serviços e soluções com o conhecimento profundo sobre os desafios e as possibilidades do segmento, com a experiência de quem atende 85% das montadoras e 50% dos fornecedores instalados no Brasil. Além de ter, entre muitos cases, o maior projeto de Regimes Especiais envolvendo a cadeia automotiva: o Drawback Intermediário, com uma redução de R$500 milhões de reais.

Para as empresas exportadoras, por exemplo, a redução de custos fica na ordem de 3 a 5% em cada veículo. E existem outras frentes, como o BCC – Business Collaboration Chain.

“O BCC, quando aplicado na cadeia automotiva, pode alcançar resultados efetivos, como até 90% de aproveitamento dos benefícios tributários disponíveis, com redução em grande parte proveniente do imposto de importação”, explica Marcos Gonzalez, Diretor responsável pelo segmento Automotivo da Becomex, empresa patrocinadora do Seminário.

De acordo com Gonzalez, são muitos os benefícios, como o incentivo à exportação e importação, com redução do custo pela isenção dos impostos, o incentivo ao mercado local com diminuição da carga tributária dos insumos aplicados aos veículos, a aplicação de acordos internacionais aos produtos exportados e o incentivo à indústria local ao otimizar o fluxo de caixa das empresas pela adoção de regimes que permitem a compensação dos créditos tributários acumulados.

“Com 13 anos de atuação, a Becomex já reduziu mais de R$7 bilhões em custos e mais de R$9 bilhões de carga tributária para o mercado para mais de mil clientes entre os maiores grupos econômicos do Brasil”, finaliza Gonzalez.

Serviço

Seminário Autodata “Compras Automotiva”

Dias 17, 18 e 19 de maio

Participação Marcos Gonzalez, Diretor responsável pelo segmento Automotivo da Becomex com o tema “Como tornar a relação entre fornecedores e montadoras economicamente mais sustentável” acontece no dia 18 de maio das 17h10 às 17h40.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana