Campanha AACD Teleton 2021

Cursos Mecânica Online

terça-feira, 25 de maio de 2021

Alpha Notícias: ZF é finalista em três categorias do Prêmio REI




Trata-se de uma das premiações mais importantes do setor automotivo nacional

A ZF é finalista em três das mais disputadas categorias do Prêmio REI, iniciativa de Automotive Business dedicada a destacar as empresas, projetos e pessoas que entregam novo valor à indústria automotiva, à mobilidade e à sociedade. 

“A ZF ser finalista no Prêmio REI em três categorias já é um importante reconhecimento pelo trabalho que nossos colaboradores e gestão regional vem desenvolvendo pela empresa. Não é tarefa fácil estar entre os melhores do setor automotivo no Brasil. É uma honra chegarmos a finalistas nessa renomada premiação”, disse Fernanda Giacon, Gerente Sênior de Marketing e Comunicação da ZF América do Sul.

Segundo a mídia, uma das mais especializadas e renomadas do País que trata dos negócios do setor automotivo, “a premiação é o reconhecimento aos profissionais e organizações que ousam assumir o protagonismo da transformação que o mundo enfrenta para gerar impacto positivo com novas soluções”. A equipe de jornalistas de Automotive Business classificou os cases ZF como finalista nas categorias “Automação e Indústria 4.0”, “Motores & Transmissão” e “Liderança/Fornecedores”.

Na categoria “Automação e Indústria 4.0”, a ZF América do Sul chamou a atenção dos jornalistas de Automotive Business por ser a sistemista que mais avançou em seus processos de produção e logística automatizados no Brasil.

A empresa inaugurou neste ano, na planta de Limeira, SP, sua linha de produção para colunas de direção elétrica, considerada a mais moderna e automatizada do mundo entre todas as unidades da ZF para o componente. Inteiramente projetada nos moldes da indústria 4.0 e equipada com alto nível de automação e controle, a nova linha que começou a operar em fevereiro possui prensas e parafusamento com controle de torque e ângulo totalmente automatizados, com sistema robotizado de 40 pontos de inspeção. São 33 estações, gestão totalmente automática e sistema de rastreabilidade que permite aos clientes acompanhar a produção do início ao fim. É a única em que robôs fazem a inspeção de qualidade e conferência final de cada peça.

Já a planta de Sorocaba é a primeira do Grupo ZF no mundo a possuir veículos autônomos elétricos operando em ambientes externos abertos, sujeitos a variações climáticas, com interação com pessoas e outros veículos. Eles suportam o transporte de transmissões, eixos e componentes para manufatura de forma totalmente autônoma. São guiados autonomamente por mais de 500 sensores e rodam, ininterruptamente, mais de dois quilômetros de percurso.

A ZF também se destacou na categoria “Motores & Transmissões” com a TraXon, uma das mais modernas transmissões automatizadas do mundo, produzida no Brasil, em sua unidade de Sorocaba. Modular e flexível, é um equipamento tecnicamente avançado e já preparado para as futuras exigências para redução de emissões em caminhões pesados no País.

Por suas qualidades técnicas e tecnologia de ponta, as transmissões TraXon de 12 e 16 velocidades da ZF vem conquistando o mercado de veículos comerciais no Brasil, equipando os novos modelos que fazem parte de uma nova geração de caminhões pesados no Brasil, entre eles os modelos Meteor e Costellation da Volkswagen Caminhões, importante lançamento do segmento no Brasil no ano passado e que, inclusive, concorre também ao Prêmio REI deste ano.

Além de elevar o padrão de conforto e dirigibilidade dos caminhões, a TraXon contribui para aumentar a eficiência operacional baixando consumo e melhorando a produtividade. Com ela, o caminhão leva mais carga, com baixos níveis de ruído e rotações baixas do motor mesmo em altas velocidades. Em 2020, a ZF recebeu pela quarta vez consecutiva o prêmio Top of Mind em transmissões no Brasil, em pesquisa conduzida pela publicação Transpodata junto a frotistas de todo o País, para a qual a TraXon foi destaque.

As grandes realizações da ZF na América do Sul vêm sendo conduzidas graças à ampla visão de negócios de Carlos Delich, presidente da empresa para a região. O executivo, que possui experiência de mais de 30 anos no mundo automotivo, com vivências na América do Norte, Europa, Ásia e Austrália, trouxe nova cultura organizacional e dinamismo à ZF ao promover maior proximidade entre todos os níveis de profissionais e impulsionar planos de nacionalização. Além das iniciativas já citadas, Delich também fortaleceu a expansão em eletrônicos para segurança, setor especialmente desafiador no Brasil.

No aftermarket, o executivo expandiu a presença de suas marcas, digitalizando o mercado de reposição. Além disso, Delich vem conduzindo a integração entre ZF e WABCO em toda região sul-americana. Por suas realizações, o presidente da ZF América do Sul foi classificado entre os quatro grandes finalistas da categoria “Liderança/Fornecedores” do conceituado Prêmio REI.

Os vencedores do Prêmio REI serão decididos em votação aberta on-line entre 20 de maio a 20 de julho pelo link https://www.automotivebusiness.com.br/premiorei2021/. A premiação dos ganhadores será revelada em transmissão ao vivo no #ABPlan Next que acontecerá no dia 3 de agosto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana