Campanha AACD Teleton 2021

Cursos Mecânica Online

quarta-feira, 8 de setembro de 2021

Alpha Notícias: Gerações de veículos futuros se tornarão progressivamente automatizadas




ZF oferece novos modelos de negócios e mais transparência por meio de componentes de chassis inteligentes

As gerações de veículos futuros se tornarão progressivamente automatizadas e exigirão um número cada vez maior de sensores poderosos e, portanto, coletarão cada vez mais dados. Algoritmos inteligentes podem gerar informações a partir disso e até mesmo possibilitar novos modelos de negócios.

A ZF torna isso possível com amplo know-how em tecnologia de chassis e tecnologia de sensores. O exemplo mais recente é o sensor de nível de altura integrado em um braço de controle de suspensão. Sua diversidade funcional e capacidade de coleta de dados vão muito além de seu propósito original.

O sensor da ZF já oferece inúmeras vantagens para as montadoras em comparação com os sensores de nível de altura convencionais. Em vez de ser instalado separadamente no corpo, o sensor é integrado ao rolamento do chassi. Os sensores integrais são mais robustos, baratos, mais leves e fáceis de instalar, e, significativamente mais versáteis. Além do ajuste dinâmico do alcance do farol, o sensor suporta vários sistemas semi-ativos e ativos para regulação do chassi. A última geração do componente de chassi inteligente está planejada para iniciar a produção em 2023.

Pronto para negócios de dados

A ZF pode expandir significativamente o escopo de desempenho dos componentes dos chassis inteligentes: "Nossos algoritmos de avaliação fornecem aos sensores a inteligência de que precisam para oferecer valor agregado aos clientes em áreas muito diferentes", explica Steffen Reichelt, Head da linha de produtos de componentes de chassi da ZF. "Os dados que o sensor coleta fornecem informações adicionais sobre o veículo, seus arredores e a superfície da estrada. Essas percepções são especialmente valiosas para usuários de veículos comerciais e frotistas, bem como para manutenção de infraestrutura viária”.

Da manutenção preditiva ao monitoramento das condições das estradas

A ZF já está desenvolvendo o software necessário para essa análise avançada de dados. Por exemplo, com sua memória para características de estradas em péssimas condições, o sensor captura onde há defeitos na estrada, o que pode ser usado para adaptar o chassi e ajudar a evitar danos. Além disso, as informações do sensor indicam que os próprios problemas em um veículo podem ter sido causados pelo contato involuntário com um meio-fio alto, por exemplo. Uma visita à oficina pode ajudar a evitar o tempo de inatividade, sempre associado a altos custos, especialmente no caso de veículos comerciais. O sensor também é capaz de detectar diferenças na carga do veículo - e assim determinar informações relevantes para sistemas eletrônicos de segurança.

Além disso, a ZF poderia integrar outras funções de sensor em componentes de chassi inteligentes no futuro e, assim, documentar a condição técnica de um veículo alugado, por exemplo. Isto é importante se, no futuro, quando cada vez mais veículos forem operados por diferentes usuários, como parte de novos conceitos de mobilidade. Tudo isso, sem que suas condições sejam verificadas antes ou depois de uma mudança de motorista.

Se os sensores se tornarem suficientemente difundidos, a infraestrutura também será beneficiada, pois os dados analisados podem fornecer informações sobre as condições de estradas e pontes. Pontos fracos, como rachaduras ou buracos na superfície da estrada, podem ser encontrados com muito mais rapidez e eficiência dessa forma. "Nossos componentes de chassis inteligentes são importantes para o futuro digital da mobilidade", resume Steffen Reichelt. "Com nossa tecnologia em série, já estamos estabelecendo uma base para a Próxima Geração da Mobilidade' hoje".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana