Campanha AACD Teleton 2021

Cursos Mecânica Online

quarta-feira, 8 de junho de 2022

Alpha Notícias: A legislação pode contribuir para a melhora da qualidade do ar




Diretrizes estabelecidas passaram a exigir redução dos níveis de gases do escapamento, como os hidrocarbonetos (NMOG) e óxidos de nitrogênio (NOx)

O Proconve - Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores, criado em 1986 com o objetivo de reduzir a poluição do ar por veículos automotivos, entrou em uma nova fase ainda mais restritiva, com limites menores de emissões em 1º de janeiro deste ano e deve contribuir ainda mais para reduzir a emissão de poluentes, alguns deles em até 40%.

As diretrizes estabelecidas passaram a exigir redução dos níveis de gases do escapamento, como os hidrocarbonetos (NMOG) e óxidos de nitrogênio (NOx) e as emissões evaporativas, entre outras medidas técnicas que contribuem, não só para a qualidade do ar nos grandes centros urbanos, como também para o desenvolvimento tecnológico da indústria automotiva brasileira.

Os catalisadores, por exemplo, passam a ter o dobro da vida útil, de 80 mil para 160 mil quilômetros. “Trouxemos para o Brasil novas tecnologias para garantir maior durabilidade dos catalisadores, que alcançam a capacidade de reduzir quase 100% dos poluentes”, explica gerente de desenvolvimento técnico de Catalisadores da BASF, Vladimir Ferrari. “O catalisador não requer cuidado especial e sua eficiência depende principalmente da boa manutenção do veículo e da qualidade do combustível utilizado”.

O dispositivo que faz parte do sistema de escapamento dos veículos, é uma peça cerâmica revestida por componentes que atuam na reação química dos hidrocarbonetos (HC), dos monóxidos de carbono (CO) e dos óxidos de nitrogênio (NOx), gases produzidos pelos motores a combustão movidos a gasolina e/ou etanol, convertendo-os em gases não nocivos. Combustíveis adulterados, por exemplo, podem prejudicar esse revestimento.

O Proconve define diretrizes até 2032 para veículos leves (L), englobando automóveis de passageiros e veículos leves comerciais, e para veículos pesados (P), que abrangem caminhões e ônibus. Para esta última categoria, além dos gases, há importantes critérios relacionados à emissão de material particulado. “O próximo passo, P8, é equivalente da Euro 6, norma regulatória Europeia, e vai garantir melhorias excelentes nas emissões dos caminhões”, considera Ferrari.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anúncios

Anúncios
marketing@alphaautos.com.br / (11) 986880391 / (11) 999051722

Postagens da semana