Doe Teleton

quarta-feira, 28 de dezembro de 2022

Alpha Notícias: Toyota comemora três décadas de comercialização do "Coroa de Flores" no Brasil




Desde 1992 mais de um milhão de unidades do Corolla foram vendidas no mercado brasileiro

A Toyota fecha o ano de 2022 comemorando 30 anos de vendas do Corolla no Brasil. Com a abertura comercial promovida no País no início da década de 1990, muitos fabricantes de automóveis iniciaram a apresentação de seus modelos para o público nacional.


Uma destas oportunidades aconteceu no Salão Internacional do Automóvel em 1992, quando a Toyota trouxe o sedã Corolla, apresentado em sua 7ª geração e que se tornaria por aqui um sucesso de vendas, com mais de um milhão de unidades comercializadas desde o seu lançamento.

Seu nome é proveniente do latim e significa “Coroa de Flores”, uma representação das ideias de felicidade e triunfo. Importado inicialmente do Japão, o sedã chegou com um motor quatro cilindros 1.8L 16V com 115 cavalos e transmissão manual de cinco velocidades na versão LE, além de sistema de injeção eletrônica, item não muito comum nos carros nacionais na época, e a possibilidade de ser equipado com uma transmissão automática eletrônica com Overdrive, e um nível de segurança ainda não conhecido nacionalmente, com Airbag e freios com assistência ABS.


Com o mercado em crescimento ano após ano, para a linha 1995 a Toyota lançou a carroceria Station Wagon do Corolla, com motor 1.8L 16V. Para o sedã, chegou por aqui a versão de entrada, DX, com motor 1.6L, 106 cavalos, e opções de transmissão manual de cinco marchas ou automática de três marchas.

A chegada da 8ª geração do Corolla, em 1997, definiria os próximos passos da marca no Brasil. Responsável por abrir os caminhos do que seria o modelo brasileiro, os modelos eram oferecidos nas versões GLi para o sedã, e XLi para a Station Wagon, ambos equipados com motor 1.6L 16V com 106 cavalos e opções de transmissões manual de cinco marchas e automática de quatro marchas com Overdrive.

Em setembro de 1998, o Corolla passa a ser nacional, fabricado na recém-inaugurada planta de Indaiatuba. Trazendo uma configuração projetada para o mercado brasileiro, o sedã nacional passou por um facelift e adotou um pacote de equipamentos atraentes. Com um motor quatro cilindros 1.8L 16V de 116 cavalos, opções de transmissão manual de cinco marchas e automática de quatro marchas com Overdrive, e versões XLi, XEi e SE-G, entrada, intermediária e topo de linha respectivamente, o Corolla já trazia de série Airbag duplo, cintos de segurança dianteiros com pré-tensionador e limitadores de força, bem como cinto de três pontos e apoio de cabeça para todos os passageiros. No total, foram produzidas mais de 50 mil unidades até a chegada da próxima geração.


A nova sensação, como ficou conhecida a 9ª geração do Corolla, revolucionou o segmento transformando o sedã em líder de mercado. Apresentado em 2002, ele foi o responsável por trazer novamente ao portfólio da Toyota a carroceria Station Wagon, o Corolla Fielder, em 2004, que depois ficou conhecido apenas como Fielder. Além disso, a nova geração também teve a série especial S, em 2006, que contou com apenas 1.800 unidades e trouxe detalhes estéticos exclusivos que proporcionavam um visual mais esportivo aos modelos. Foi na 9ª geração que ocorreu a introdução, em 2007, da tecnologia flexfuel nos motores da família 1.8L 16V VVT-i, com 136 cavalos.

Já a próxima geração, a 10ª, lançada por aqui em 2008, marcou um novo patamar para o sedã sucesso da Toyota. A versão Altis, substituta da anterior SE-G, lançada em 2010, passou a contar com a inédita motorização flex 2.0L 16V de 142/153 cavalos quando usado com gasolina ou etanol.

Depois de um facelift na linha 2012, o veículo além de receber melhorias técnicas no propulsor 1.8L 16v, elevando a potência para 139 cavalos quando abastecido com gasolina e 144 cavalos quando abastecido com etanol, também contou com uma nova série especial e esportiva, a XRS, na linha 2013.

Apresentada como linha 2015, a 11ª geração chegou ao mercado brasileiro em 2014 com um entre eixos 10 centímetros maior, assoalho plano, transmissão Multi-Drive CVT e suspensão mais rígida, dando ao sedã um dirigir mais prazeroso. Outra novidade foi a chegada de duas versões inéditas, a GLi Upper, e a especial Dynamic em 2016 e 2017, respectivamente. Em 2017, como linha 2018, o Corolla trazia um design renovado e moderno, mais itens de conforto, conveniência e segurança, contando com controle de estabilidade, tração, assistente de subida e 7 airbags para toda a linha, o que reforçou ainda mais a segurança do modelo, que nesta época já havia recebido as 5 estrelas nos testes de colisão do Latin NCAP.

Com a incrível marca de 1 milhão de Corollas produzidos no Brasil, a Toyota inovou mais uma vez e lançou, em 2019, a 12ª geração deste ícone sendo também o primeiro veículo híbrido flex do mundo. O modelo a combustão foi apresentado nas versões GLi, XEi e Altis, com novo motor Dynamic Force 2.0L 16V de 177 cavalos, injeção direta, aliado a transmissão CVT Direct Shift de 10 velocidades.

Já a inédita versão Altis Hybrid, chegou ao mercado com o motor flex 1.8L 16V com 101 cavalos e dois motores elétricos de 72 cavalos, com potência combinada de 122 cv, tudo isso aliado a transmissão Hybrid Transaxle, que reduz ou aumenta continuamente as marchas de acordo com o motor, sem desperdiçar energia e contribuindo para a economia de combustível.

Líder no segmento de sedãs médios desde 2014 e em 2022 com mais de 73% de marketshare no segmento, segundo dados da Fenabrave até novembro de 2022) o Corolla reflete o DNA Toyota de Qualidade, Durabilidade e Confiabilidade, conquistando diferentes perfis de clientes, inclusive aqueles que buscam uma direção mais esportiva.

A versão GR-Sport, lançada por aqui em 2021, é equipada com o motor 2.0 flex Dynamic Force, suspensão diferenciada, com molas e amortecedores mais firmes, braços estruturais ligados ao chassi e defletores na parte inferior do carro, além de interior diferenciado. E para a linha 2023, todas as versões do Corolla passam a trazer - de série - a tecnologia do sistema de segurança ativa Toyota Safety Sense (TSS), pacote que contempla recursos como o Sistema de Pré-Colisão Frontal (PCS), Sistema de Assistência de Permanência de Faixa (LTA), com função de Alerta de Mudança de Faixa (LDA), faróis altos automáticos (AHB) e Controle de Cruzeiro Adaptativo (ACC).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anúncios

Anúncios
marketing@alphaautos.com.br / (11) 986880391 / (11) 999051722

Postagens da semana