Doe Teleton

terça-feira, 17 de janeiro de 2023

Alpha Notícias: Perspectivas para o setor automotivo em 2023: o valor da mentalidade de startup




Nand Kochhar*

O ano de 2023 será importante para as empresas automotivas. As montadoras serão obrigadas a transformar aspectos fundamentais de seus negócios e organizações para atender às necessidades do futuro da mobilidade. Anos de desenvolvimento de sistemas avançados de assistência ao motorista (ADAS, na sigla em inglês), eletrificação de veículos, software, sistemas eletrônicos e outras tecnologias estão dando resultado, promovendo grandes mudanças na composição do mercado automotivo.

Enquanto se esforça para trazer soluções de mobilidade cada vez mais avançadas para o mercado em 2023, o setor também terá que superar desafios significativos. As cadeias de suprimentos automotivos tradicionais terão que se adaptar para atender à crescente demanda por baterias, sistemas eletrônicos e outros componentes elétricos nos veículos modernos. Diante de prazos de desenvolvimento cada vez menores, da necessidade crescente de inovação, demandas do consumidor em constante evolução e interrupções imprevisíveis na cadeia de suprimentos, as montadoras de todos os tamanhos devem se tornar mais ágeis, colaborativas e responsivas em um cenário automotivo cada vez mais dinâmico. Além isso, a natureza variável do desenvolvimento de veículos continuará remodelando as principais habilidades e competências exigidas pelas equipes de engenharia automotiva.

Tendências do mercado automotivo que vão gerar mudanças

O setor automotivo está passando por uma ampla transformação tanto na natureza dos veículos quanto na forma como eles são usados pelos consumidores. Essa transformação é resultado de mudanças tecnológicas, regulatórias e sociais, todas pressionando por maior segurança, sustentabilidade, equidade e praticidade na mobilidade humana. Com isso, houve um rápido aumento da eletrificação de veículos e o desenvolvimento contínuo de recursos de direção automatizada e veículos autônomos.

As montadoras já estão sentindo o impacto do desenvolvimento de veículos autônomos no mercado com o aumento contínuo da competição para produzir recursos de veículos novos e avançados. As montadoras hoje devem se concentrar no desenvolvimento de recursos e funções avançados para se destacar neste mercado competitivo. Como a ênfase nos recursos avançados do veículo continua crescendo, também aumenta a importância do software e sistemas eletrônicos para as funções do veículo e para o desejo entre os consumidores.

Para as montadoras, o desenvolvimento desses recursos avançados e capacidades de direção autônoma não deve ser uma proposta de “autonomia total ou fracasso total”. Em busca da visão de verdadeiros veículos autônomos, as empresas podem desenvolver novos recursos de veículos e implementá-los no mundo real. A explosão dos sistemas avançados de assistência ao motorista é um bom exemplo disso. Esses sistemas ajudam os motoristas automatizando tarefas específicas de direção em condições muito limitadas, como a frenagem de emergência automatizada, que pode parar um veículo em baixas velocidades se estiver prestes a colidir com um objeto à frente.

Enquanto isso, os veículos elétricos (VEs) se consolidaram como uma parte fundamental do mercado automotivo do futuro. Os VEs são uma ferramenta importante nos esforços globais para reduzir as emissões e o impacto geral dos nossos sistemas de transporte e mobilidade no meio ambiente, fato que motiva cada vez mais as decisões de compra dos consumidores em todo o mundo. Além disso, muitos governos, do nível municipal ao nacional, estão adotando novos regulamentos que incentivam ou obrigam a produção e uso de VEs. Em resposta a essas pressões, as montadoras estão desenvolvendo linhas inteiramente novas de veículos eletrificados, atraentes e cheios de tecnologias.

Enquanto o mercado automotivo sofre uma reformulação causada pela combinação de avanços tecnológicos, demandas do consumidor e regulamentações governamentais, as questões que afetam as empresas automotivas também estão mudando. É provável que as interrupções na cadeia de suprimentos continuem causando problemas para as montadoras em 2023. Isso vai acontecer quando os VEs se tornarem mais difundidos, aumentando a demanda de materiais e componentes essenciais para baterias. As habilidades exigidas pelas equipes de desenvolvimento automotivo também são outras, pois a natureza dos veículos continua mudando. A engenharia de software é um processo cada vez mais importante no desenvolvimento geral do veículo. Com isso, as empresas automotivas estão expandindo agressivamente suas equipes e capacidades de software para oferecer os recursos e as funções exigidos nos veículos modernos.

Adaptação ao setor automotivo do futuro

Enquanto avançamos para o novo ano, como as empresas automotivas podem se adaptar a esses novos desafios? O segredo é adotar a mentalidade de uma startup automotiva. As startups têm a vantagem da agilidade e capacidade de resposta a um mercado automotivo altamente dinâmico. Elas podem desenvolver e implementar soluções ou novos recursos de veículos rapidamente e, com isso, muitas vezes podem apresentar ideias interessantes antes da concorrência. As startups também promovem a colaboração frequente e eficaz entre domínios e equipes, ajudando a promover inovação rápida e novas soluções de engenharia.

As startups montadoras apresentam algumas características que ajudam a manter a colaboração e a engenharia eficientes exigidas pelo mercado automotivo do futuro. Primeiro, elas são relativamente pequenas quando comparadas aos grandes fabricantes (OEMs) automotivos. Os departamentos de engenharia podem ter apenas uma dúzia de pessoas, em vez de centenas, e essas várias equipes geralmente trabalham no mesmo escritório e podem conversar e trocar ideias com frequência.

As startups também tendem a empregar engenheiros jovens, que foram criados, educados e treinados em um mundo digital. Esses funcionários podem se adaptar rapidamente às novas ferramentas digitais e já estão familiarizados com os muitos sistemas de computador e software utilizados por qualquer empresa moderna. Eles também possuem habilidades alinhadas ao rumo do setor automotivo. Por fim, as startups concentram seu trabalho de desenvolvimento e seus recursos na inovação. Sua melhor chance em um mercado automotivo competitivo é criar veículos com recursos e designs inovadores e muito mais. Na verdade, elas geralmente estão focadas na criação de veículos, com toda a atenção voltada para produção de veículos inovadores e atraentes.

Claramente, nem todos os aspectos e características de uma startup serão úteis para que outras empresas incorporem em sua cultura e processos. Em vez disso, as empresas automotivas de todos os portes devem se concentrar em dois aspectos fundamentais. Primeiro, as empresas devem buscar melhorar sua capacidade de colaborar entre domínios e equipes, tanto internamente quanto com organizações parceiras. Segundo, as empresas devem promover designs e pensamentos inovadores para se destacar em um mercado cada vez mais concorrido. E o melhor método para adotar essas características é por meio da transformação digital da cultura e dos processos da empresa.

A transformação digital é fundamental

A transformação digital permite que as empresas adotem uma nova abordagem para o desenvolvimento e engenharia de soluções de mobilidade. A digitalização permite que as empresas conectem todo o seu ciclo de vida por meio de um backbone digital, com o fluxo bidirecional de informações por toda a organização. As empresas parceiras também podem ser incorporadas com segurança ao seu backbone digital, facilitando a colaboração entre as organizações e apoiando a responsabilidade pelas metas de sustentabilidade. A parte principal dessa abordagem é o gêmeo digital abrangente, que capta cada aspecto do design e da produção do veículo. Com o gêmeo digital, as empresas automotivas podem conectar as equipes de engenharia dos domínios elétrico, eletrônico, mecânico e de software. Isso não só ajuda as empresas a superar a complexidade dos veículos futuros, como também promove uma nova cultura de colaboração e inovação na empresa, que ajudará a empresa a enfrentar os desafios do futuro.

Resumindo, a digitalização é uma forte ferramenta que facilita a inovação tecnológica, colaboração e tomada de decisões acertadas. Ao investir na transformação digital, empresas de todos os portes podem enfrentar os desafios de desenvolver os veículos do futuro, eliminando antigas barreiras à colaboração e promovendo a inovação por meio da maximização dos dados disponíveis. Esses recursos serão essenciais para todas as montadoras em sua busca pelo futuro da mobilidade.

*Nand Kochhar, vice-presidente de estratégias para os setores automotivo e de transporte da Siemens Digital Industries Software

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anúncios

Anúncios
marketing@alphaautos.com.br / (11) 986880391 / (11) 999051722

Postagens da semana